Feeds:
Artigos
Comentários

Arquivos para a Categoria ‘Teatro’


barriga de baleia

 

 

Barriga da Baleia | 17 de novembro | 10h30 | António Jorge Gonçalves | Género Artístico: Teatro | Duração: 40 min. S/intervalo | Classificação Etária: 3 aos 5 anos | Ingresso: 2,00€

 

Esta pequena epopeia marítima de desenhos luminosos, objetos manipulados e canções, conta a história de Sari, uma menina de quatro anos que, cansada de esperar que os pais acordem, decide ir sozinha até à praia. Lá encontra Azur, mas é imediatamente engolida por uma grande onda que a leva pelo mar adentro, até à boca escancarada de uma baleia. Lá dentro, a solidão reina, apesar dos bichos estranhos que habitam entre os dentes grandes e de um velho muito velho que conta quantos peixes tem o mar. Vale-lhe, então, o engenhoso Azur que, vazando a água do oceano para dentro de um grande buraco, a consegue libertar. Mas que será feito agora da baleia e daqueles peixes, sem uma pinga de água para nadar? António Jorge Gonçalves e Ana Brandão apresentam esta pequena epopeia marítima com palavras e canções embarcadas em desenhos luminosos e objeto manipulados.

 

Informações: 212147410 ou cultura@cm-barreiro.pt

Read Full Post »


Imagem Revelação

 

 

O AMAC – Auditório Municipal Augusto Cabrita recebe, no dia 4 de maio, pelas 21h30, o espetáculo “Revelação”, uma coprodução da Mala Voadora e ARTEMREDE.

 

Sinopse
No espetáculo revelação, conta-se uma história. Conta-se a história de uma cidade que é alvo da ação de grupos políticos radicais, tendo como ponto de partida o livro «Os Demónios de Dostoiévski». Tentam fazer-se revoluções, instaurar novos regimes. Cada líder força a cidade a transformar-se naquilo que o seu desejo dita.
No espetáculo revelação, não se assiste aos acontecimentos. Tal como acontece na peça de Ayckbourn Absurd Person Singular, o espaço que se vê não é o local da ação. Fala-se de quem não está presente. Fala-se de quem está para além das paredes. É assim que se fala daquilo que se teme. Dos demónios.
Entre Os Demónios (de 1872) e Absurd Person Singular (de 1972), decorreram exatamente 100 anos.

Duração: 60 minutos s/ intervalo
Público-Alvo: m/12 
Entrada Gratuita mediante levantamento de ingresso
Informações: 
AMAC – Auditório Municipal Augusto Cabrita
T. 21 214 74 11/10
Bilheteira: de 3ª a 6ª, das 17h30 às 20h00

Read Full Post »


 

 

 

A Casa da Cultura da Quimiparque recebe no próximo dia 24 de Novembro, Sábado, pelas 21h30, a grande comédia “Pijama Para 6”.

A peça, de origem francesa, é da autoria de Marc Cameletti, produzida por Tozé Martinho e encenada por Carlos Areia. Esta revista à portuguesa conta com um elenco de luxo, bem conhecido do mundo da televisão e do teatro, como Tozé Martinho, Rita Guedes, Daniel Garcia, Carlos Areia, Rosa Soares e Patrícia Candoso.

Pijama para seis conta a história de um fim-de-semana de um casal, numa casa de campo, onde uma série de peripécias e mal entendidos prometem proporcionar ao público moncorvense momentos de plena diversão.

Ingressos: 1ª Plateia 10,00€ | 2ª Plateia e Balcão- 7,50€

Informações e venda de ingressos: Posto de Turismo – Tel. 210 990 837

 

 

Read Full Post »


Escola de Teatro 2012/2013

Projecto de formação teatral de carácter não formal da responsabilidade da ArteViva Companhia de Teatro do Barreiro

 
ABERTAS AS PRÉ-INSCRIÇÕES
 
AULAS*
- Aulas para crianças dos 6 aos 12 anos: Sábados de manhã ou de tarde (há a possibilidade de abrir uma turma durante a semana, conforme o nº de inscrições e disponibilidade dos alunos)
- Aulas de iniciação 1 e 2 para jovens dos 13 aos 18 anos: a partir das 18h
- Aulas de continuidade 1e 2 para jovens a partir dos 16 anos: a partir das 20h30
- Aulas de iniciação e continuidade para adultos a partir dos 18 anos: a partir das 20h30
- Aulas de técnica avançada, na sequência das turmas de continuidade

*A constituição das turmas é da responsabilidade da Coordenação da Escola e limitada à disponibilidade de vagas e horários.
*Cada turma tem uma aula/semana.
*Interrupções nas férias letivas

PRÉ-INSCRIÇÕES
Em setembro envie nome e data de nascimento do aluno, nome do encarregado de educação, telefone e e-mail para arteviva.escoladeteatro@gmail.com.

MATRÍCULAS
Em outubro no Teatro Municipal do Barreiro. As vagas são preenchidas por ordem de matrícula.
As aulas iniciam a 3 novembro 2012.

PREÇOS
Matrículas até 15 outubro – 10€
Matrículas a partir de 15 outubro – 15€
Mensalidades – 20€

COORDENAÇÃO: Carina Silva

 

A Escola de Teatro da ArteViva

É um projecto de formação teatral de carácter não formal, criado pela ArteViva que funciona no Teatro Municipal do Barreiro, que tem como missão oferecer a oportunidade a todos os que queiram ter um contacto mais próximo com a arte e a expressão dramática, de ter uma formação teatral de base na cidade do Barreiro. 

DESCRIÇÃO
Desde 1998, após a mudança para o Teatro Municipal do Barreiro, a actriz e professora Célia Figueira começou a reunir um grupo de jovens dando-lhes formação básica sobre os princípios do teatro, cativando-os para participarem da vida da ArteViva. Esta ideia tomou uma forma mais consistente em 2001, e o projecto de formação foi continuado por Paulo Calçada, e sendo actualmente coordenado por Carina Silva.

A Escola de Teatro Arteviva participou no festival PA.NOS – palcos novos palavras novas – um projecto da Culturgest – em 2008, tendo sido seleccionado logo na sua primeira participação para apresentar o espectáculo “Fim de Linha”, encenado por Carina Silva, no Teatro Viriato em Viseu. No ano seguinte, com a encenação de “Coro dos Maus Alunos”, a Escola do ArteViva ganhou relevo ao ser seleccionada para o Festival de encerramento do PA.NOS na Culturgest em Lisboa.

Todos os anos, no final do ano letivo, as turmas apresentam publicamente um exercício cénico com base no texto teatral desenvolvido ao longo das aulas. As turmas mais avançadas têm muitas vezes a oportunidade de mostrar os seus trabalhos fora do Teatro Municipal, a convite da CMB para integrar alguns eventos na cidade. Os alunos são pontualmente chamados a integrar projectos da Companhia, de forma a estimular o cruzamento de experiências e o enriquecimento da sua aprendizagem.

Em 2011/2012 teve oito turmas e cerca de 150 alunos.

Read Full Post »

EM CENA no Arte Viva | Estreia 28 setembro


Viemos todos de outro lado
Texto de Luís Mourão
 
Estreia 28 Setembro 2012
Teatro Municipal do Barreiro
Espetáculos às Sextas e Sábados
às 21h30 (atenção ao novo horário!)
 
 
 
“Dois irmãos – imigrantes – chegam ao país de acolhimento, deparando-se com dificuldades comuns a todo aquele que decide partir à procura de trabalho. Da observação atenta dos comportamentos dos que chegam, nasce este espectáculo onde se fala de máfias, empregos, casamentos, saudades e esperanças.” (Luís Mourão)

1. As pessoas vão olhar para nós de lado. Olham para ti e pensam: será de alguma organização criminosa?
2. Achas?
1. Não. Mas é verdade que estamos cada vez mais sozinhos. É verdade que não somos de cá, irmão.
2. De cá? Isso não importa.
1. Não importa?
2. Não. Viemos todos de outro lado qualquer, sabes?

in Viemos Todos de Outro Lado, Luís Mourão
 

“Viemos todos de outro lado” é um texto de Luís Mourão e está a ser encenado por Dário Valente.
Esta é a segunda encenação de Dário Valente, que se estreou com Caldo Verde em 2010.
“Viemos todos de outro lado” conta com a interpretação de Rui Martins e Vítor Nuno.

Sobre o autor: Luís Mourão nasceu em 1958. É professor, mas trabalha no teatro, de uma forma ou de outra, desde 1977. Nas duas últimas décadas, o texto dramático ocupou toda a sua actividade nesta área. Trabalhou e escreveu para diversas companhias, entre as quais a ACTA, “Efémero” Companhia de Teatro de Aveiro, “O Nariz. Teatro de Grupo” ou o Teatro da Trindade de quem foi durante alguns anos dramaturgo residente.

BILHETEIRA

Atenção ao novo horário: a partir de 28 de Setembro 2012, o espectáculo estará em cena todas as Sextas e Sábados, às 21h30 no Teatro Municipal do Barreiro.

Preço único: 5€ (desconto para grupos com mais de 10 pessoas: 3€).

Reservas e informações: arteviva.geral@gmail.com ou pelo facebook.com/ArteVivaCTB (só garantimos a visualização dos contactos online até à quinta-feira anterior), pelo telefone 212060860 ou 964787109 ou no Teatro de Quinta-feira a Sábado das 18h às 22h.

Read Full Post »


Arte Viva Companhia de Teatro do Barreiro apresenta

Oficinas Criativas – Teatro ArteViva – Edição Páscoa (7 aos 13 anos)

de 26 Março a 5 Abril

Inscrições até 16 de Março

dos 7 aos 13 anos

Cinco oficinas que nos levam a conhecer, (des)construir e explorar a arte dramática

ArteViva – Companhia de Teatro do Barreiro Associação Cultural residente no TEATRO MUNICIPAL DO BARREIRO R. Vasco da Gama – Centro Comercial Pirâmides 2830-340 BARREIRO Tel. 212060860 – Tlm. 964787109 arteviva.geral@gmail.com

Read Full Post »


“Palmo e Meio”, na sua edição nº 0, oferece programação cultural para as crianças entre os zero e os dez anos.

Concebido, essencialmente, para o Público Familiar, prevê ateliês de artes visuais, sessões infantis de cinema, concertos pedagógicos e teatro.

Para mais informações: 212 070 578

Read Full Post »


UTIB – TEATRO APRESENTA:

 

Autoria de Manuela Fonseca
Encenação de Luciano Barata


22 Janeiro 2012 | 16h | Casa da Cultura da Quimiparque
5 Fevereiro 2012 | 16h | SFAL
18 Março | 16h | SIRB “Os Penicheiros”

A peça de teatro “O Comboio da Pedra” estreia a 11 de Dezembro, pelas 16h00, na Sociedade de Instrução e Recreio Barreirense “Os Penicheiros”. Com encenação de Luciano Barata e texto de Manuela Fonseca, a peça é interpretada por alunos da Universidade da Terceira Idade do Barreiro. “O Comboio da Pedra” sobe ao palco da SIRB “Os Penicheiros”, novamente a 22 de Janeiro de 2012, pelas 16h00.

Sinopse

“Esta Peça é um “Tecido” escrito de memórias. Não é ficção. É um reviver por dentro dos sentimentos guardados no coração.
Um texto que procura dar dimensão de uma identidade que se confunde entre a gesta de um clube e seus associados, e, naturalmente, a sua presença viva na comunidade.
Estas cores alvi-rubras, feitas de sangue que brota do coração e de paz que se ergue nas mãos de homens e mulheres de uma terra, que hoje e ontem, continua a ser um exemplo e uma referência para todos aqueles que acreditam — “Numa Fé que tudo Vence”!”

INFORMAÇÃO:

212070578

Entrada Livre

Read Full Post »


INGRESSOS no Posto de Turismo da CMB, Av. Alfredo da Silva | CONTACTO: 91 105 57 91

 

 

Read Full Post »

“VIDA DE ARTISTA”


 

TEATRO no AUDITÓRIO MUNICIPAL AUGUSTO CABRITA

“VIDA DE ARTISTA”

Dias 2 e 3 de Dezembro às 21:30h (Quinta e Sexta Feira)

Com Adriano Luz, Margarida Vila Nova e Manuela Couto

Encenação de António Pires

Texto de Luísa Costa Gomes


BILHETEIRA:

Estudantes e maiores de 60 – 8€ (mediante apresentação de cartão de estudante ou B.I)

Público em Geral – 10€

Contacto Bilheteira AMAC: 21 214 7410


SINOPSE

Luísa Costa Gomes – VIDA DE ARTISTA

Diana é uma jovem actriz casada com João, actor, que já foi casado com Joana, actriz, com quem ele agora contracena numa curta-metragem, enquanto ela, Joana, contracena com Diana numa telenovela. Confusos? Nos intervalos das filmagens e das dobragens e das novelas correm João e Diana do Banco para o anúncio ao Banco, para o anúncio comercial, o anúncio institucional, Joana para o recital, para o festival, e um resto de uma peça que ainda está em cena. Confusos? É apenas a vida de artista, que fica para além do glamour das fotos das revistas da especialidade.

Como se isto não bastasse, o actor João Raimundo (Adriano Luz) e as actrizes Joana Raimundo (Manuela Couto) e Diana Mascarenhas (Margarida Vila-Nova) são convidados pelo encenador Herculano para interpretarem numa sala de teatro um texto do século XVI, a saber, a primeira pastoral escrita por uma mulher, a actriz e dramaturga paduana Isabella Andreini (1562-1604), da companhia de commedia dell´arteI gelosi. É assim que os três actores saltam para dentro de uma peça de teatro, cuja encenação acompanhamos passo a passo. Da primeira leitura ainda cheia de dúvidas à estreia de La Mirtilla, retraça-se e retrata-se o processo de criação de um espectáculo de teatro. As pessoas que são actores transformam-se em personagens da peça dentro da peça para dizerem as palavras antigas do texto. Mas o que dizem é sempre novo, é sobre o Amor nas suas diversas formas, o amor idealizado, o amor não-correspondido, o amor conjugal, o amor narcísico.


Read Full Post »

Older Posts »

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 5.131 outros seguidores